Artigo Premiado: “E, Se Não (…)”

Temos que ter de que tudo dará certo—mas se não acontecer de acordo com nossos desejos, precisamos confiar am Deus e em seu tempo.

"""Nós não duvidamos Nós não culpamos"" — Peggy Clemens Lauritzen "

Foto cortesía de freestocks.org

Durante a conferência geral de abril de 2004, escutei um discurso de Élder Dennis E. Simmons que me fez ponderar. Foi intitulado, “E, Se Não (…)“.

Quando Élder Simmons era um rapaz, ele ficou consternado pela perda de um torneio de basquete que ele tinha certeza que sua equipe iria ganhar. Ele tinha fé que eles ganhariam—mas não ganharam.

Então o real significado do discurso começou a tomar forma. Na Bíblia, o Deus das três crianças hebraicas, Sadraque, Mesaque e Abednego, foi desafiado por um rei, quando eles se recusaram a curvar-se diante de uma imagem de ouro. Eles desafiaram o rei de volta, declarando que ele poderia lançá-los em uma fornalha ardente, mas Deus iria entregá-los.

E, se não, eles ainda não adorariam os deuses estrangeiros.

Élder Simmons continuou a usar outros exemplos de pessoas que tinham fé que as coisas aconteceriam de uma certa maneira.

E, se não, eles ainda continuariam a ter confiança em Deus e que o plano e o tempo dele eram muito melhores do que eles eram capazes de ver.

Como isso tem me ajudado?

Logo após este discurso, nosso filho entrou cada vez mais em uma vida cheia de drogas. Eu supliquei ao Senhor que o desejo de mudar seria plantado no coração do meu filho para que ele abraçasse os princípios do evangelho.

Mas isso não aconteceuEu recebi uma chamada de um médico de um hospital distante que uma overdose de drogas levou à morte do meu filho. Ele tinha apenas trinta anos de idade.

O Senhor não respondeu a minha oração da forma que eu queria. E foi uma boa oração, a oração de uma mãe sincera que tinha orado muitas vezes com seu marido. Queríamos que nosso filho vivesse. Queríamos que ele quisesse viver.

Mas ele não quis

Cada ano temos diferentes experiências da vida que nos ensinam, e as mesmas histórias das escrituras que lemos no ano passado poderiam ter um significado diferente para nós este ano.

Por causa do discurso de Élder Simmons cinco anos antes, eu e meu marido fomos capazes de superar os momentos mais difíceis da nossa vida. Nós não duvidamos. Nós não culpamos. Tínhamos confiança de que o Senhor tinha o nosso filho em seus braços amorosos.

E aprendemos que quando as coisas parecem especialmente difíceis e nos sentimos como se estivéssemos enterrados sob uma carga enorme, talvez não estejamos enterrados de nenhum modo.

Talvez só estejamos sendo plantados.

Ler “E, Se Não (…)” por Élder Dennis E. Simmons.

Fonte: Conferência Geral SUD
—Peggy Clemens Lauritzen de Mansfield, Ohio

Encontre mais reflexões

Assistir ou leia o discurso do Élder Neil L. Anderson “A Fé Não É Obra do Acaso, É uma Escolha.”

Leia o discurso de Élder M. Russell Ballard “Encarar o Futuro com Fé“.

Este artigo foi selecionado como um dos três vencedores na Submissão de artigos de janeiro 2016 para Mormon Insights. O trabalho é original e é uma história verdadeira da vida do autor. Agradecemos as contribuições que recebemos e encorajamos autores interessados a esperar ae submissões de artigos no futuro.

Traduzido por Marisa Hart, Mormon Insights

Foto em destaque, cortesia de splitshire.com

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe um comentário

Each comment will be reviewed by a staff member before it will appear on the site. We reserve the right to not approve any comments that do not meet our community standards. View our community standards here.

O seu endereço de e-mail não será publicado.