Priests blessing sacrament

Um contexto histórico para as etnias e o sacerdócio

O tema da etnia edo sacerdóciotem tentadoa fé dos Santos dos Últimos Dias e outros. Para entender esseassunto polêmico,  descubreo contexto histórico. 

"Deus ama todos os Seus FILHOS"

Imagem por mvdavid7

Um artigo intitulado “As Etnias e o Sacerdócio” na seção Tópicos do Evangelho de lds.org.br fornece ricos detalhes históricos e esclarecimento espiritual.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi fundada nos Estados Unidos em meio de turbulência racial. Em 1830, o trabalho escravo era legal. Discriminação racial encontrava-se no Norte, bem como no Sul, e muitos estados tinham leis proibindo casamento interracial.

Em 1857, o Tribunal Supremo dos Estados Unidos declarou que os negros “não [possuíam] direitos a que o homem branco fosse obrigado a respeitar.” Mesmo após o fim da guerra civil em 1865, o Tribunal Supremo não iria revogar as leis “separados mas iguais” até 1954, e não revogou a proibição de casamento inter-racial até 1967.

Enquanto isso, embora alguns homens negros já haviam sido ordenados ao sacerdócio, o Presidente Brigham Young anunciou pouco depois de Utah ser declarado como território pelo Congresso dos EUA em 1852, que os homens de descendência africana não poderiam ser ordenados mais ao sacerdócio. No mesmo anúncio, o Presidente Young disse que em algum dia futuro, membros negros da Igreja “teriam [todo] o privilégio e mais” desfutado por outros membros.

Ao longo dosanosseguintes, homens e mulheres negros foram batizados na Igreja e receberam o dom do Espírito Santo,porém ainda ficavamà espera da retirada da restrição. No entanto,a partirde 1852 até 1978, os homens de descendênciaafricanonão forampermitidosa seremordenados comosacerdotes. Além disso, osnegros não foram autorizados a receberema investidura do templo nemasordenanças de selamento. 

Em seguida, em 1978, depois de muita oração e súplica por orientação divina, a Primeira Presidência anunciou que “o dia prometido chegou… todo homem da Igreja fiel e digno poderia receber o santo sacerdócio” (
<href=”https://www.lds.org/scriptures/dc-testament/od/2?lang=por” target=”_blank”>ver Doutrina e Convênios, Declaração Oficial 2). Desde 1978, o número de membros da Igreja tem crescido rapidamente entre os africanos e outros de património africano.

O artigo de Tópicos do Evangelho indica que “a Igreja nega as teorias do passado para que a pele escura é um sinal de desagrado divino ou maldição, ou que ela reflete as ações de uma vida pré-mortal; que casamentos interraciais são um pecado; ou que os negros ou as pessoas de qualquer outra raça ou origem étnica são inferiores de qualquer forma a qualquer outra pessoa. Os líderes da Igreja hoje inequivocamente condenam todo racismo, passado e presente, sob qualquer forma”.

Leia o artigo “As Etnias e o Sacerdócio” na seção Tópicos do Evangelho de lds.org.br.

Fonte:Tópicos do Evangelho
—Amber Dalton, Mormon Insights

Traduzido por Jared Aranda, Mormon Insights

Os Sacerdotes Abençoando o Sacramento foto cortesia de LDS Media Library

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe um comentário

Each comment will be reviewed by a staff member before it will appear on the site. We reserve the right to not approve any comments that do not meet our community standards. View our community standards here.

O seu endereço de e-mail não será publicado.